Como será que funciona o Google?

27/08/2018

Depois de algum tempo administrando um blog e analisando os dados obtidos através do Google Analytics, é possível perceber que a maioria dos novos visitantes chega ao seu blog através de mecanismos de pesquisa (busca orgânica). Mas especificamente do Google.

É infinita a quantidade de blogueiros que tentam aplicar técnicas de SEO e aumentar o número de visitantes dos seus blogs através dos mecanismos de busca sem ao menos pesquisar como tais mecanismos funcionam. Neste artigo iremos dissertar brevemente sobre: O que é e como funciona um mecanismo de busca (Google) e porque devemos dar atenção às buscas orgânicas.

Um mecanismo de busca, ou motor de busca, é um software projetado para encontrar e catalogar informações espalhas pela internet. Esses mecanismos possuem robôs chamados de "Spiders" que percorrem todos os dias toda a internet a procura de novas páginas para serem indexadas ao seu catalogo. Nesse artigo usaremos como exemplo um mecanismo de busca específico, o Google, porém todos os outros trabalham de maneira semelhante.

O Google possui diversas variáveis e algoritmos de ranqueamento para que apenas as melhores páginas fiquem na primeira página dos resultados de pesquisa orgânica. Alguns deles são:

PageRank - O Page Rank é um algoritmo que classifica seu site ou blog através da quantidade e qualidade de links que apontem para ele. Esse algoritmo parte do principio de que se algum site que possui conteúdo de qualidade criar um link apontando para o seu blog quer dizer que seu blog também possui conteúdo qualidade.

TrustRank - O Trust Rank é um algoritmo baseado na confiança. Ele permite que páginas sementes de um site ou blog sejam envidas para um especialista para que sejam avaliadas manualmente antes que possa se seguir com a indexação de todas as páginas.

InfluenceRank - O Influence Rank é um algoritmo projetado para avaliar o nível de influencia que uma página ou pessoa possui no meio online. Ele usa como critério de classificação o número de compartilhamento em redes sociais, o número de citações a página ou pessoa em outros blogs e até mesmo o número de comentários.

AgentRank - O AgentRank foi um dos últimos algoritmos implementados pelo Google, ele permite a associação entre um conteúdo e um autor. Dessa maneira, usando a base de dados do Google Plus, ele permite que sejam buscados conteúdos de apenas um ou mais autores em especifico.

Através desses algoritmos o Google é capaz de encontrar as melhores páginas para um termo de pesquisa (Keyword) e exibi-las logo na primeira página dos resultados de busca orgânica. Após escolher qual será a ordem dos resultados o Google os implementa em sua interface e eventualmente os mesclar com alguns resultados pagos (Adwords).

As páginas exibidas na interface do Google, independente de serem resultados orgânicos ou pagos, contam como uma estrutura padrão que contem: título da url, descrição, endereço da página e site links.

Título da url - Onde é exibido o título da página que foi indexada.

Descrição - Local onde exibe-se uma pequena descrição sobre o conteúdo contido na página.

Endereço da Página - Endereço DNS de página.

Site Links - Páginas ou categorias que estão contidas no mesmo site ou blog e mais se destacam

Porque devemos dar importância ao Google

Como podemos observar no decorrer do artigo, o Google é uma ferramenta indispensável para quem procura ter um nível no mínimo razoável de visitantes. Para quem não quer ou não pode pagar por para aparecer nos resultados pagos do Adwords, a melhor opção é investir nos resultados da busca orgânica. Para melhorar o posicionamento de uma página nos resultados de busca orgânica é necessário se criar uma estratégia de SEO que, geralmente a médio ou longo prazo, traz muitos benefícios e novas visitas.